Sons que Curam – Sinos Tibetanos e seus Benefícios

O PODER DA MEDICINA VIBRACIONAL…

Ter um momento de paz, calma e relaxamento, é tudo o que muita gente deseja diante de uma rotina tão corrida como a que vivemos, não é?

 Muitas vezes temos um dia estressante e tudo o que desejamos é ter alguns minutos para relaxar, descarregar as energias ruins e se sentir renovada. Uma excelente alternativa para buscar o seu equilíbrio e a paz interior é o sino tibetano, peça muito usada para a meditação.

As tigelas ou sino tibetano – tibetan bowls ou orin – são instrumentos de origem asiática que, apesar de carregarem o nome “tibetano” por serem comuns no Budismo, vieram de regiões do Nepal, China e Japão. Elas são feitas artesanalmente, com bronze ou estanho, ou industrialmente, com ligas em bronze, alumínio ou cristal ou ainda em uma liga de sete metais: ouro, prata, mercúrio, cobre, ferro, estanho e chumbo.

Para que é Usado o Sino Tibetano?

O sino tibetano é usado em meditações, músicas, sessões de relaxamento e em diversas práticas espiritualistas ou religiosas. O som do sino tibetano é produzido ao friccionar o bastão de madeira em sua borda de forma contínua até ele vibrar, gerando um tom ou frequência que se sobrepõem em 2 ou 3 frequências ou tons. Para marcar inícios e términos de atividades como as de relaxamento, por exemplo, é dada uma batida com o bastão na sua lateral, que faz ele funcionar como um gongo.

Como é o Sino Tibetano?

O sino tibetano é como uma pequena cumbuca, geralmente feito de materiais como o bronze, alumínio e cristal e também conhecido como tigela tibetana, tigela cantante e orin. Para conseguir extrair o som dele, basta dar uma batida com o bastão na sua lateral como se fossem gongos e continuar o movimento circular pressionando e deslizando o bastão na borda do sino.

Os Benefícios do Sino Tibetano

A ação do sino tibetano é conhecida também como medicina vibracional e gera inúmeros benefícios para quem pratica meditação com este pequeno objeto. Em suas múltiplas dimensões: ele ajuda a liberar tensões musculares, produz um relaxamento profundo, expande o corpo áurico, aumenta a defesa do organismo, estimula o equilíbrio entre os dois hemisférios cerebrais, harmoniza os chakras, entre outros benefícios.

Prova da ação profunda da terapia com o sino tibetano foi a utilização deste tratamento pelo oncologista Mitchell Gaynor na recuperação de pacientes com câncer, esta experiência, inclusive, está em seu livro “Sons que Curam”.

A Terapia com Sinos Tibetanos…

Seu som causa uma profunda sensação de relaxamento, bem-estar e paz. Seu som parece se espalhar por todo ambiente, muitas vezes se torna impossível detectar de onde ele vem se quem o escuta estiver com os olhos fechados e relaxados.

Os monges tibetanos o definem como o som do coração, que nos conecta com sentimentos e emoções positivas e saudáveis e nos desliga das negativas e autodestrutivas.

Harmonia consigo mesmo, autoconhecimento e melhor percepção de seu ser são algumas das vantagens do sino tibetano.

Som é curativo?

Serve como base da musicoterapia, onde determinados sons afetam, de forma específica, as células do nosso organismo e, com isso, podem influenciar positivamente as funções do organismo e nas emoções. Mesmo que você não acredite nesse poder de cura dos sons produzidos pelos sinos tibetanos, não podemos negar que este é um som profundamente relaxante usado muitas vezes no yoga e na meditação. Os setes metais para fazer os sinos como já falei correspondem aos astros do nosso sistema solar. Prata para a Lua, ferro para Marte, mercúrio para Mercúrio, cobre para Vênus, estanho para Júpiter, chumbo para Saturno e ouro para o Sol. Os bastões para tocar os sinos tibetanos são feitos em madeira. Dependendo do local de origem dos sinos tibetanos, estes podem ter desenhos gravados em sua superfície (interna e externamente) ou lisos.

O som dos sinos tibetanos regeneram tecidos através da vibração. Terapeuticamente pode usar o sino sobre o local do corpo a ser tratado (aumentando seu efeito pela proximidade do som do corpo) ou apenas perto da pessoa que está sendo tratada.

Os principais benefícios de sinos tibetanos usados em massagem sônica e musicoterapia são:

  • Relaxar corpo e mente;
  • Ativa a criatividade;
  • Alivia tensões emocionais;
  • Renova a energia;
  • Alivia o estresse;
  • Reduz dores musculares.

Como funciona na prática?

O som é produzido ao friccionar o bastão em sua borda de forma contínua até que comece a vibrar emitindo uma frequência que se expande trazendo a sensação de bem estar.

Lembre-se:

1)  É importante manter a coluna ereta e a palma da mão bem aberta.

2)  O sino deve ser colocado no centro da mão, sem que os dedos encostem-se a ele.

3)  Não bata o bastão com força. O bastão deve deslizar pela borda do sino de forma contínua, gerando atrito, até que se inicie a vibração.

 Atenção: Pode haver pequenas alterações nas cores, formato e dimensão por se tratar de uma objeto 100% artesanal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *